terça-feira, 9 de julho de 2013

chateada, triste e magoada


Adorei teres dito que não disse o que disseste, não tenho culpa que ela não se tenha interessado pelo que tu falaste. É óbvio que magoa, mas olha sabes que mais, se queres tanto, fala tu com ela... Sempre foi a tua preferida e sempre te ligou muito já reparaste?! Mas deixa lá eu não lhe digo mais nada, assim não a incomodo. Nós deveríamos ter ambas o mesmo interesse, mas pelos visto sou sempre eu a lutar mais, ou então o meu termo de luta está muito errado.

- Sim o problema deve de estar em mim.

Sem comentários:

Enviar um comentário

"Desaprender para aprender. Deletar para escrever em cima.
Houve um tempo em que eu pensava que, para isso, seria preciso nascer de novo, mas hoje sei que dá pra renascer várias vezes nesta mesma vida. Basta desaprender o receio de mudar"