terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Talvez eu não chore, mas doa. Talvez eu não diga, mas sinta. Talvez eu não mostre, mas importo-me. Talvez eu...

Sem comentários:

Enviar um comentário

"Desaprender para aprender. Deletar para escrever em cima.
Houve um tempo em que eu pensava que, para isso, seria preciso nascer de novo, mas hoje sei que dá pra renascer várias vezes nesta mesma vida. Basta desaprender o receio de mudar"