segunda-feira, 24 de outubro de 2011


 - Abandonou-te?
 - Pior ainda, esqueceu-me!

 - Também gostava de te conseguir esquecer da noite para o dia. 
Mas é difícil.

12 comentários:

  1. Do dia para a noite não se esquece ninguém querida. Mas com tempo isso acontece. Vai chegar o dia em que acordas e ele é só um fantasma do passado :')
    adorei o post*

    ResponderEliminar
  2. Eu percebi querida. Digamos que grandes amores parecem sempre impossíveis de esquecer para nós - porque para eles é estupidamente fácil o:
    Mas falo por experiência própria quando digo que o tempo ajuda - parece impossível esquece-lo mas, depois de meses, depois de imensas tentativas falhadas para o esquecer, torna-se fácil (:

    ResponderEliminar
  3. Infelizmente talvez, entendo-te demasiado bem (:

    ResponderEliminar
  4. é o que eu tenho andado a fazer :)
    gostei imenso do post!

    ResponderEliminar
  5. eu tambem nao percebo princesa, e uma amiga minha que me faz

    ResponderEliminar
  6. ás vezes é difícil minha querida, mais vais ver que com o tempo há-de passar :) tem de, pelo menos, eu penso assim. compreendo-te tão bem!

    ResponderEliminar
  7. ahah foi exactamente essa a minha reacção ;o

    ResponderEliminar
  8. obrigada pela força, fofinha. foi um desabafo (:

    ResponderEliminar

"Desaprender para aprender. Deletar para escrever em cima.
Houve um tempo em que eu pensava que, para isso, seria preciso nascer de novo, mas hoje sei que dá pra renascer várias vezes nesta mesma vida. Basta desaprender o receio de mudar"